O piloto Marco da Cunha da Transauto Team que fixou a sua marca no 2° Super GP Picanto Cup ao sagrar-se o grande vencedor da manga A na geral ao fim das duas finais marcadas por muita competitividade, está entre os melhores pilotos da competição e parte como um dos sérios  candidatos aos três lugares do pódio na Manga A.

A correr no carro #33 com o piloto Sílvio Coelho de 44 anos de idade, Marco da Cunha deixou ficar  a sua marca na segunda corrida e entrou na história do GP Picanto Cup – 2022, a maior competição de  automobilismo de velocidade em Moçambique organizada pelo ATCM e promovida pela KIA.

Na última corrida. o piloto A da Transauto Team esteve em destaque na disputa das duas finais e lançou-se como candidato a um dos lugares do pódio no iniciou da fase de qualificação ao terminar a sessão de 10 minutos com o terceiro melhor tempo  em pista.

Na primeira final da Manga A1, Marco da Cunha de 40 anos de idade arrancou na terceira posição na grelha de partida e terminou  a manga de 12 voltas em 1° lugar  e teve uma forte concorrência dos pilotos da Moztek Pro e Racing nomeadamente: Remi Guigue e Manuel Barbosa, os dois pilotos da Moztek   terminaram a Manga A1  em 2° e 3° lugar respectavamente.

Na Manga A2 invertida em função do novo formato da competição, o piloto Marco da Cunha arrancou na 10 posição na grelha de partida e subiu 8 posições ao fim de 12 voltas e terminou a corrida em 2° lugar.

Na grelha reservada aos pilotos A, Marco da Cunha tem vindo a notabilizar-se no GP Picanto Cup desde o arranque da competição  e tem vindo a conseguir um bom desempenho em pista e está  com a  moral em alta e confortável   para  continuar a lutar pelos seus objectivos na presente temporada.

No balanço geral da sua participação na última corrida, o piloto Marco da Cunha ganhou a primeira manga e terminou em segundo lugar na sua última final.  Entretanto, na terceira corrida do GP picanto Cup  marcada para sábado no ATCM, o piloto Marco da Cunha terá a forte concorrência dos seus adversários directos nomeadamente: os da Moztek Pro e Racing nomeadamente Remi Guigue e Manuel Barbosa que terminaram as duas mangas em 2° e 3° lugar respectivamente.

Na classificação geral do 2° Super GP Picanto Cup, a equipa da Transauto Team #33 dos pilotos Marco da Cunha e Sílvio Coelho terminou a competição em 8° lugar com 55 pontos e está no top das 10 melhores equipas da competição.

Da salientar que a Terceira corrida do GP Picanto Cup  será disputada no formato tradicional de duas manga de 12 voltas para cada piloto e uma de resistência com a duração de 60 minutos.